Jovem mata filho rejeitado pela família do marido



Uma jovem angolana de seus 34 anos de idade, cujo o nome não revelado, está a contas com a polícia daquele país, indiciada de tirar a vida do seu próprio filho de sete meses depois que o mesmo foi rejeitado pela família do seu marido, já falecido.

O caso aconteceu em ondjiva, na província de Cunene, Segundo o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando Provincial da Polícia Nacional, intendente Nicolau Tuvecalela, a , como uma forma de não ser descoberta pelo crime.

A mulher justificou a acção, repudiada por vizinhos, com o facto de, alegadamente, o filho ter sido rejeitado pelo pai antes mesmo de nascer e, já na condição de viúva, ser acusada pelos familiares do falecido marido de ter feito o filho com outro homem.

O processo contra a  acusada prossegue os procedimentos jurídicos legais que se impõem, conforme afirmou Nicolau Tuvecalela ao JA.

(Angorussia)

Agradecemos pela sua visita! Se gostou desta música ou notícia, compartilhe com alguém que goste e nos ajude a chegar em mais pessoas. Além disso, siga-nos no Google Notícias, para não perder nada e se inscreva em nosso canal do Youtube.

Se você quiser falar com a gente para envio de músicas, anunciar ou comunicar algum erro em nossas matérias, mande email para [email protected] e ficaremos felizes em te atender. Agora, se quiser fazer parte da nossa equipe de parceiros, contacte-nos pelo email acima. Obrigado pela sua visita volte sempre!

Next Post Previous Post
No Comment
Add Comment
comment url