Essas 12 ideias de negócios online podem ser lançadas de forma rápida e fácil. Comece seu negócio de comércio eletrônico em Moçambique.

  • Muitos negócios online podem ser iniciados com capital inicial limitado.
  • Alguns dos negócios online mais bem pagos incluem consultoria jurídica corporativa e desenvolvimento de software.
  • Crie um negócio online em um assunto ou setor pelo qual você é apaixonado e conhece.
  • Este artigo é para aspirantes a empreendedores que buscam inspiração para iniciar um negócio online.


Possuir e manter um negócio online dá aos empreendedores a liberdade de ganhar dinheiro em qualquer lugar do mundo. A ideia é atraente e mais possível do que nunca, mas muitos empresários não sabem por onde começar. A etapa mais importante para iniciar um negócio online lucrativo é encontrar uma ideia de negócio que corresponda às suas habilidades e pontos fortes. Compare os principais fornecedores de processamento de cartão de crédito para encontrar um parceiro que possa ajudá-lo a aceitar pagamentos online.




Esteja você procurando se tornar um empresário em tempo integral ou apenas iniciar um negócio em tempo parcial para obter renda passiva, seu produto ou serviço deve atender a uma necessidade específica do consumidor. Compilamos uma série de negócios lucrativos com base nas necessidades, com custos iniciais mínimos, que você pode iniciar o mais rápido possível.


1. Consultor de SEO

Se você conhece os meandros dos mecanismos de pesquisa e tem habilidades técnicas em plataformas como Google Ads e Google Analytics, tornar-se um consultor de SEO pode ser uma opção lucrativa para você. Muitos proprietários de pequenas empresas não percebem o impacto que a otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) pode ter em seus negócios. Comece seu negócio de consultoria online educando os proprietários de negócios sobre o poder do SEO para ajudar a transformar seus sites e aumentar suas taxas de conversão.


Você pode usar suas habilidades de marketing para mostrar aos proprietários de negócios os benefícios do uso de dados analíticos, palavras-chave estratégicas e estrutura de conteúdo para obter mais tráfego orgânico na web. Se você não está familiarizado com SEO ou deseja aprimorar suas habilidades de marketing digital, consulte o Moz's Beginner's Guide to SEO.


Lembre-se de que os algoritmos do Google estão sempre mudando, portanto, você precisará continuar seus estudos em SEO para se manter relevante e bem-sucedido nesse campo.

Conclusão principal: eduque as pequenas empresas sobre a importância do SEO e ajude-as a aumentar a sua presença online.


2. Consultor de pequenas empresas

Se você tem bastante experiência e conhecimento em negócios, por que não criar um negócio que ajude os aspirantes a empreendedores a ter sucesso? Como consultor de negócios, você pode usar suas habilidades para ajudar novos proprietários de negócios a começarem bem e ajudar empresários experientes a acompanhar a demanda. Suas chances de sucesso são maiores se você concentrar sua estratégia em um nicho de consultoria de negócios.


Para aumentar sua credibilidade, demonstrar sua expertise e atrair clientes, é útil estar presente na comunidade de negócios digitais.

Conclusão principal : Use sua experiência e conhecimento de negócios para ajudar os aspirantes a empreendedores a ter sucesso. 


3. Consultor de mídia social

As empresas maiores podem contratar uma agência ou um membro da equipe em tempo integral para administrar suas contas de mídia social, mas as pequenas empresas geralmente precisam lidar com seu próprio marketing de mídia social . Com tantas responsabilidades, os proprietários de negócios costumam estar muito ocupados, sobrecarregados ou com pouca educação sobre a importância de uma presença na mídia social para gastar tempo desenvolvendo e implementando uma ótima estratégia de mídia social. Como consultor de mídia social, você pode ajudar pequenas empresas a determinar as melhores táticas, publicando programações e conteúdo para seu público-alvo. À medida que a contagem de seguidores aumenta, sua empresa também crescerá.


O Facebook e o Twitter ainda são as principais redes de negócios, mas as empresas costumam ter dificuldades com plataformas mais visuais como Instagram, Pinterest, Tumblr e Snapchat. Todas essas plataformas têm um grande público de consumidores, mas muitas empresas não percebem o quão grandes são, o quão eficazes podem ser e como fazer com que funcionem para sua marca. Se você tem experiência em marketing de mídia social e uma paixão por fotografia, focar seu negócio de consultoria em uma plataforma específica, como o Instagram, pode ser uma ótima maneira de ganhar dinheiro enquanto ajuda outras empresas a melhorar seu conteúdo e atingir seus objetivos de negócios.

Conclusão importante : ajude as empresas a compreender a importância das mídias sociais e a aumentar o número de seguidores nas redes sociais por meio de sua experiência.


4. Varejista de comércio eletrônico de nicho 

Há um público para tudo, mesmo que seja específico como móveis de casa de bonecas ou ração orgânica para cães. Com um site de e-commerce de nicho, você pode alcançar clientes que buscam seus produtos específicos. Construir um negócio em um nicho de mercado pode ajudá-lo a se diferenciar de outras marcas e a construir sua credibilidade e experiência. Procure nas redes sociais ou no seu próprio consumidor para encontrar um produto para vender na sua loja online.


Para colocar seu negócio de e-commerce em funcionamento, tudo que você precisa é um serviço de hospedagem na web com um recurso de carrinho de compras integrado ou software de e-commerce. Para simplificar o processo de envio, você pode trabalhar com fornecedores para enviar produtos aos clientes em seu nome. Isso pode reduzir a quantidade de estoque que você precisa manter no local.

Conclusão importante : se você tem um produto ou serviço de nicho para vender, considere abrir uma loja online.


5. Web designer ou desenvolvedor web

Se você é um profissional digital criativo que gosta de formar o layout, o tema visual, o conjunto de fontes e a paleta de cores de um site, o web design freelance pode ser um bom caminho para você. Se você tem pouca ou nenhuma experiência neste campo, pode aprender o básico de web design e dominar as ferramentas de que precisa para ter sucesso, como Adobe XD, Chrome DevTools e software editor de texto.


Se você está mais interessado no lado da codificação da construção de sites, o desenvolvimento freelance da Web pode ser sua casa do leme. Se você já conhece HTML, CSS ou JavaScript e tem um bom olho para resolver problemas com soluções criativas, pode lançar um serviço para construir sites atraentes e fáceis de usar para pequenas empresas. Se você precisa aprender o básico do desenvolvimento web antes de iniciar sua carreira full-stack, pode fazer um curso simples para iniciantes para começar. 


Coloque suas habilidades técnicas e criativas em bom uso para proprietários de empresas que desejam levar sua presença online para o próximo nível. Crie um portfólio abrangente e, em seguida, crie seu próprio site para exibi-lo e atrair um fluxo constante de clientes.

Principal lição : tornar-se um web designer ou desenvolvedor é uma ótima opção para quem tem conhecimento técnico.


6. Blogger

Os blogs podem parecer uma estratégia de negócios desatualizada, uma vez que quase todo mundo já tem uma, mas a concorrência não deve impedir você de iniciar essa jornada de negócios online. Se você adora escrever ou tem informações importantes para compartilhar, o blog pode ser um negócio lucrativo para você.


Começar um blog como um negócio é muito simples com construtores de sites como Weebly e WordPress, mas a chave para o sucesso é consistência e qualidade. Para ganhar seguidores constantes, você deve escrever e produzir continuamente conteúdo de alta qualidade que agregue valor aos seus leitores. O conteúdo que educa, informa ou entretém seus leitores dá a eles um motivo para segui-lo.


Depois de dominar a criação de conteúdo consistente, você pode ganhar dinheiro com seu blog com a venda de produtos como cursos online, coaching digital, e-books ou webinars. Você também pode vender espaço publicitário ou postagens patrocinadas. Essa estratégia de negócios pode levar um pouco mais de tempo e esforço para gerar receita, mas pode ser muito lucrativa no final.

Conclusão importante : se você for um locutor de palavras com conteúdo consistente, poderá transformar seu blog em um negócio.


7. Assistente Virtual

Você tem habilidades organizacionais e habilidades de gerenciamento de tarefas impecáveis? Talvez seja hora de colocar essas habilidades em prática, tornando-se um assistente virtual . Os serviços VA geralmente consistem em tarefas administrativas básicas, como inserir dados, fazer planos de viagem e atender chamadas telefônicas. A experiência anterior neste campo é ideal, mas não é obrigatória.


Plataformas como TaskRabbit e Zirtual tornam mais fácil para os profissionais de VA encontrar empregos. Eles permitem que você crie um perfil online e se inscreva para tarefas que deseja realizar - como pesquisa de dados, assistência virtual ou tarefas básicas - e comece a construir clientela.

Conclusão importante : torne -se um assistente virtual para ajudar remotamente outras pessoas com suas tarefas administrativas.


8. Comerciante afiliado

Se você adora deixar comentários de clientes em sites como o Amazon, pode considerar o marketing de afiliados como uma fonte de receita. A propaganda boca a boca ainda é um grande gerador de leads para muitas empresas, e muitas empresas estão dispostas a compartilhar uma parte de seus lucros com indivíduos persuasivos que promoverão seus produtos ao público.


Os programas de afiliados se dividem em diferentes níveis de envolvimento: independente, relacionado e envolvido. O marketing de afiliados independente é uma campanha básica de pagamento por clique que requer pouco ou nenhum envolvimento com o produto que você está promovendo. O marketing afiliado relacionado requer que você tenha alguma autoridade e conteúdo sobre o produto que está comercializando, mas não o use pessoalmente. O marketing de afiliados envolvido é talvez o mais eficaz, pois você estará comercializando um produto que realmente usa e gosta.


Se você tem um site pessoal ou presença nas redes sociais com muitos seguidores, os programas de afiliados podem ser uma abordagem lucrativa para você. Os representantes de RP estão sempre procurando por defensores e influenciadores da marca para os quais possam enviar amostras grátis.

Conclusão importante : Aqueles com grande número de seguidores nas redes sociais ou presença online podem canalizar esse poder para a criação de receitas através do marketing de afiliados.


9. Suporte técnico remoto

Muitas pequenas empresas não têm espaço em seus orçamentos para contratar um funcionário de TI em tempo integral, então, quando seus sistemas quebram, geralmente ligam para um amigo ou parente que entende de computador. Se você tiver experiência em tecnologia e tiver experiência em trabalhar com computadores e redes, poderá eliminar a necessidade de pedir um favor oferecendo assistência técnica remota imediata.


Embora algumas empresas possam preferir que você tenha um diploma técnico, muitas preferirão sua experiência e conhecimento. Você pode começar a construir seu negócio de suporte técnico remoto entrando em contato com amigos, familiares e proprietários de empresas locais sobre suas necessidades de suporte técnico. Você também pode encontrar trabalhos de suporte técnico freelance em painéis de empregos como Upwork.

Conclusão importante : Use sua magia de tecnologia para oferecer suporte técnico remoto.


10. Vendedor de artesanato feito à mão

À medida que os comerciantes mudam suas vendas para o e-commerce, os mercados online de produtos feitos à mão , como Etsy e ArtFire, tornam extremamente fácil para os artesãos que podem produzir um suprimento constante de produtos artesanais de qualidade, como cobertores de crochê ou vidros pintados exclusivos. Se você tem um ofício único, vender seus produtos em um site de comércio eletrônico é uma boa maneira de ganhar dinheiro enquanto está em casa, fazendo o que você ama.


Os custos iniciais para essa ideia de negócio são extremamente baixos se você comprar seus materiais criativos a granel de um fornecedor de artesanato. Se você puder criar e vender sua arte rapidamente em uma loja online, você terá lucro em pouco tempo. Os artesãos locais obtêm maior sucesso quando promovem seus negócios nas redes sociais.

Conclusão importante : use seu gênio criativo para vender artesanatos online.


11. Desenvolvedor de aplicativos

Os aplicativos móveis estão mais populares do que nunca, com pessoas dispostas a pagar um bom dinheiro por maneiras de gerenciar suas vidas a partir de seus smartphones. Se você tem uma ótima ideia para um aplicativo e sabe como codificar, pode executá-la e criar seu aplicativo sozinho. Você também pode se tornar um desenvolvedor de aplicativos para empresas que precisam criar aplicativos específicos. Ambas as opções requerem que você conheça os elementos básicos de design de software e pelo menos duas linguagens de programação comuns, como SQL, JavaScript, PHP, Python, Ruby on Rails ou iOS.


Se você tem uma ideia de aplicativo, mas não conhece os meandros da codificação, há muitos desenvolvedores de software que procuram colaborar com as pessoas na criação de aplicativos. Dependendo da sua situação e know-how, você pode conseguir um negócio lucrativo com o desenvolvimento de aplicativos.

Conclusão importante : Crie o próximo melhor aplicativo móvel tornando-se um desenvolvedor de aplicativos.


12. Motor de busca

O Google e o Bing são onipresentes, mas não atendem necessariamente às necessidades de todos os usuários. Se você é um especialista em um determinado campo, crie seu próprio mecanismo de pesquisa que ajude as pessoas com menos conhecimento a encontrar o que procuram. Suas chances de sucesso podem ser maiores se o seu mecanismo de pesquisa oferece aos usuários a oportunidade de inserir parâmetros, como subtópicos e tipo de fonte, em vez de apenas realizar uma pesquisa geral.

Conclusão principal : Crie um mecanismo de pesquisa de nicho que possa atender às necessidades específicas dos usuários.